Endereço

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade

Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará

Consulta Pública em Marabá encerra fase de prognóstico

1/1

Aconteceu hoje na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), campus Marabá, na região Carajás, a última consulta relacionada ao prognóstico da bacia hidrográfica Tocantins-Araguaia, promovida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). Aberto ao público o evento iniciou às 9h e prosseguiu até o meio-dia.

A macrorregião hidrográfica Tocantins-Araguaia abrange os municípios de Oeiras do Pará, Marabá, Itupiranga, Novo Repartimento, Nova Ipixuna, Jacundá, Bom Jesus do Tocantins, São João do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Brejo Grande do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, Eldorado dos Carajás, Piçarra, Curionópolis, Parauapebas, Sapucaia, Canaã do Carajás, Xinguara, Água Azul do Norte, Rio Maria, Floresta do Araguaia, Pau d’ Arco, Redenção, Conceição do Araguaia, Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, Novo Repartimento, Breu Branco, Baião, Mocajuba, Igarapé-Miri e Cametá.

 

O processo de discussão e coleta de subsídios em cada uma das três etapas da execução dos trabalhos: diagnóstico; prognóstico; e os planos e ações são finalidades das consultas públicas. E o Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERH), tem como objetivo nortear as ações do estado na gerência dos recursos hídricos e auxiliá-lo na tomada de decisão de forma participativa e transparente.

Na primeira etapa foi realizado o diagnóstico, que coleta dados socioeconômicos e ambientais, políticos, institucionais e legais, para a elaboração do PERH. A segunda fase apresenta à sociedade paraense, com base no diagnóstico realizado, as condições futuras dos recursos hídricos do estado em cenários prospectivos, que vão dar suporte à tomada de decisão para a prevenção de conflitos e garantia da segurança hídrica no estado, em quantidade e qualidade, para as atuais e futuras gerações.